Archive | lista RSS feed for this section

Lista: As 10 melhores apresentações do VMA

24 Aug

Eu amo premiações, principalmente as musicais. Hoje as 21:00 vai acontecer a edição deste ano do VMA e já estou ansiosa para ver as polêmicas todas. Resolvi um apanhado das 10 melhores apresentações do VMA. Aquelas que marcaram todo mundo, que deixou meio mundo de boca aberta e no dia seguinte virou assunto a ser falado por todos.

Britney Spears- VMA2000


Britney Spears, nos tempos de ouro, era uma atração na qual todo mundo ficava esperando para ver o que faria de tão surpreendente. Vamos lembrar que há 15 anos ela vendia uma imagem de virgem (ou de hímen intacto, como dizia na Patricinha de Bervely Hills, quem não se lembra?) então qualquer pouca roupa e olhar sensual já era um mundo desabando. Eu escolhi esta de 2000 pelo fato de ter ficado assustada por achar que a Britney estava pelada ( A roupa cor de pele dava esta primeira impressão). Mas não vamos nos esquecer da apresentação dela com a cobra, uma clássica, e com o ´Nsync em 1999.
Ps: Britney vai aparecer por aqui de novo.

Beyonce VMA 2011

Beyonce sabe fazer muito bem uma apresentação, praticamente todas são incríveis. Lembro a de 2003, dela cantando Baby Boy, aparecendo do teto e depois cantando Crazy in love . Era a primeira vez que estava se apresentando em carreira solo ao vivo. Mas a apresentação inesquecível foi a de 2012, pelo simples fato dela anunciar ao mundo inteiro que estava grávida (de verdade). Honey B sabe fazer muito bem o que faz.
Ps: Esta noite ela fará um show de 15 minutos, estamos ansiosos com certeza absoluta ou claro???

Lady Gaga VMA 2009

Há muito tempo atrás (tipo, há uns 5 anos) a Lady Gaga era relevante. Nesta apresentação clássica para a MTV, ela mostrou a todos que cantava para caramba, tocava piano muito bem e podia fazer apresentações inesquecíveis nível de Britney/Madonna. Pena que esta foi a única.

Eminem VMA 2000

Existia uma época em que o Eminem sacaneava todo mundo em suas músicas e faziam clipes clássicos. E esta apresentação , onde vários Eminens vestido exatamente iguais ao Eminem, entraram até o palco para protagonizar o próprio, junto com seu mentor Dr. Dre, uma apresentação de 2 clássicos: The Real slim Shaddy e The way I am. E uma irritante mania do rapper mexer o tempo inteiro no pinto.

Miley Cyrus VMA 2013

O ano passado foi de Miley Cyrus. Talvez porque ela mostrou a todo mundo que “cresceu agora e virou mulher” da melhor forma que todo mundo mostra (quase pelada, cantando sobre sexo e drogas), mas não vem ao caso. Sua apresentação foi com o Robin Thicke e ninguém se lembra dele. Até que sim, mas como um cara que estava ali como um bom suporte para a bunda magra da Miley. Inesquecível, genial e chocante. Quase que a premiação inteira tinha se perdido, se não fosse JT para ter salvado tudo.

Madonna VMA 1984

O melhor desta apresentação da Madonna no primeiro VMA, 1984, é que ninguém da MTV sabia para onde ela estaria indo. A calcinha apareceu, ela quase ficou pelada, mas era uma ótima forma de mostrar ao mundo o que poderíamos esperar da rainha suprema.

‘N sync VMA 2001

De todas as boy bands dos anos 90, ‘N sync era a que melhor fazia uma apresentação em premiação. A prova disso foi em 2001 eles apresentando a nova música, Pop, ao mundo, num formato todo de Pop Art. E para finalizar muito bem, o Rei do pop aparece e transforma aqueles pouco mais de um minuto em um clássico.

Michael Jackson VMA 1995


Em 1995 Michael Jackson estava enfrentando o começo da sua decadência. E no meio do furacão de problemas que Michael enfrentaria uma apresentação de 15 minutos para mostrar quem é o rei do pop. Longa vida ao Michael!


Britney/ Christina/ Madonna/ Missy Elliott VMA 2003


Falei que a Britney apareceria de novo por aqui. E numa apresentação que não podia deixar para lá. Nesta época, VMA 2003, a MTV Brasil tinha parado de passar a premiação ao vivo, deixando passar o famoso beijo entre as princesas do pop e da rainha suprema de todas. Não sei qual é a minha parte favorita: Madonna tirando o cabelo da Britney antes de beija-la, a cara do Justin depois do beijo, a Missy Elliot fechando com chave de ouro, todo mundo enlouquecido. A MTV aprendeu a lição e passou a colocar TUDO ao vivo deste então.

Nirvana VMA 1992

E disseram para Kurt Cobain: Não toquem Rape me por ser muito pesado para se passar ao vivo, que tal Lithium? Cobain começou com Rape me, mandou um recadinho para Axl Rose, destruiu o palco e Kris Novoselic ainda tacou o baixo na cabeça. Bem grunge, bem clássico.

Lista: 5 coisas bacanas da Copa do mundo no Brasil

1 Jun

No inicio do ano a moda era reclamar sobre a Copa no Brasil. A cada problema no país a culpa era da Dilma, da copa e da FIFA. Mais próximo do evento do ano o conformismo tomou conta da mesma população que gritava que não teria copa no BR com o motivo de “vamos ficar lutando contra algo que vai acontecer??? Vamos torcer, vamos comemorar, vamos nos divertir!!!”. Como eu, pessoa, não tô conseguindo encontrar tanta vantagem maravilhosa com esta porra de copa, resolvi fazer uma lista. É, uma lista para ver se entro nesta onda de otimismo que tomou conta das pessoas tudo.

1- Vai ter gringo gato na minha porta
beleza masculina
Moro perto do Maracanã. Nos dias de jogos eu não poderei sair de casa sem o comprovante de residência mas veja só, vai ter um monte de gringo gato perdido na minha porta. Sair de casa para ir na padaria não posso??? Mas paquerar os gringos gato posso sim, chega mais!!!!

2- Sanduíches da copa do Mc Donalds
0,,40319346,00
Estas belezuras só aparecem na copa. Foda-se se é em toda Copa, o que importa que de 4 em 4 anos estas coisas lindas aparecem. E nem ligo que porque a copa é no Brasil tá 25 reais, valeu???

3- Passagens para sair daqui mais baratas.
aviao (27)
Se tá mais caro vir nesta época do ano para o Brasil, para sair dele tá supimpa! Teve até promoção de 440 reais ida e volta para Paris!!!!

4- Cachorros vestidos com roupinha verde e amarela.
roupa-jaqueta-cachorro-caes-pet-grandes-racas-brasil-5235-MLB4951644122_092013-O
Eu particulamente amo cachorros vestidos de qualquer coisa. Roupinha de cachorro, para mim, está para gatos de coleira e crianças fantasiadas. Uma fofura só. Foda-se se toda copa tem isso, eu acho vantajoso a cada 4 anos ter os peludinhos com roupinhas fofas nhoimnhoim

5- Desculpa para sair com os amigos
Desacato-Bar-e-Restaurante
Você pode odiar futebol, mas copa é um ótimo motivo para encontrar todo mundo no bar, beber, cair e levantar e ainda comer tocinho. FODA-SE se qualquer coisa é motivo para encontrar amigos. Tem uma mágia diferente envolvida
em encontrar o povo para ver seleções jogando do que simplesmente jogar conversa fora

bonus attack- Seleção italiana
19jun2013-jogadores-da-selecao-italiana-posam-para-foto-oficial-antes-de-jogo-contra-o-japao-pela-copa-das-confederacoes-1371679857045_1920x1080
Porque sim.

Então, gente. Só achei 5. Foi dificil acha-las, mas tá ai. Se vocês tiverem mais, me avisem! E sim, sou contra a copa. Mas é tema para outro post.

Lista: Mulheres (que me representam) na música.

8 Mar

É uma lista particular e pessoal, mas não menos importante neste adorável dia. Nas redes sociais observei que tem uma onda (correta) de mulheres que querem mais respeito e menos parabéns. Que alias, do que devo ser parabenizada? Menores salários, 1 a cada 3 mulheres do mundo ou serão/já foram estupradas ou violentadas, a obrigação de ser mãe e casada antes dos 30… Muita coisa tem que ser melhorada, definitivamente. E como adoro listas, fiz uma das mulheres que me representam na música. Seja pelas suas letras, atitudes, estilo e pelo foda-se. Sim, porque para falar palavras feias somos julgadas. E para usar saias curtas e shorts também. E para termos cabelo curto também… E pelo julgamento diário e pelo fazer o que querem, elas fazem por onde para nos representar tão bem.

Gwen Stefani

Muitos reclamam que hoje ela não tem a mesma força nos anos 90, mas ela sempre me representará pelas suas músicas, que tem ótimas letras. A que melhor representa o feminismo é Just a girl.
“I’m just a girl in the world…
That’s all that you’ll let me be!”.

Como não amar?

Madonna

E nos anos 80, antes de Miley Cyrus e Lady Gaga pensarem em nascer, Madonna já calava a boca de meio mundo falando o que pensava. Seja sexo, religião, amor, arte, etc, Madonna foi revolucionária porque fazia e acontecia. A cada novo cd, uma surpresa. Uma máscara caia e o mundo se surpeendia. Como assim uma mulher falando abertamente de sexo? Madonna pode hoje ser uma caricatura dela mesma (e é), mas nos anos 80 e 90 foi importante para a música for ser uma feminista sem querer.

Fiona Apple

Fiona começou na música com 16 e já tinha muita coisa para ser falada. Suas músicas são sinceras e sua dor também. É uma mulher falando para as mulheres. Sem besteira ou rodeios, Fiona Apple representa muita gente.

Alanis Morissette

Ok, hoje ninguém liga para Alanis, mas nos anos 90 ela foi uma peça importante para um monte de gente, tanto como influência como psicologicamente. Começou nova também (19 anos) e assumia seus erros e desesperos, femininos e humanos, cantando aos berros coisas duras que todo mundo devia saber. Mais ou menos em 1997, foi a India, se encontrou e ficou pelada. E quem a conhece sabe que ela não tem a beleza padrão, loira, peito duro e bunda no lugar. E ela ligou para isso? Pontinhos pelo foda-se!

Valeska Popozuda

Sim, ela me representa. Todas as suas músicas são feministas,diretas, nada de baboseira. Ainda desejo mais Valeska e menos um monte de gente.

Shirley Manson (garbage)

Shirley foi a primeira mulher a me representar na música. Eu era obcecada por ela. Pela sua beleza, ruivice, pela sua voz e atitude. Ela pode até não ser a melhor cantora ao vivo, mas sua música me pega pela barriga e me possui. Quer dizer, esta mulher traduziu a mim e a quase todas as mulheres. Você tem dúvida, por exemplo, que a música ai em cima não fala de TPM? Quer coisa mais feminina que menstruação?

Bjork

Bjork pode ter uma voz chata, um show quase insuportável, fãs piores ainda mas ela me representa. Primeiro porque mesmo tendo uma voz estridente ela a usa com toda a sua força. Seus clipes são sensacionais e sua atitude perante ao mundo de foda-se sou gordinha de um país estranho e faço músicas mais estranhas ainda me encanta. É preciso de muita coragem para ser alguém como a Bjork. Ela é o que é.

Pitty

Por muito tempo a Pitty me representou. Seu cabelão, suas roupas, sua voz não tão afinada, sua atitude. Claro que hoje em dia ela não tem tanta força como tinha há uns anos, mas ela sabia o que eu pensava e escrevia isso nas suas músicas. Ela era o que sempre quiser ser e tentei ser. E mesmo tendo referência de um monte de gente (Alanis e Fiona é um bom exemplo), conseguia ser autentica.

Rita lee

Que mulher um dia não foi representada pela Rita Lee? Eu admito, ela me representa mais nos Mutantes do que no seu solo, mas não posso ignorar suas músicas que traduzem tão bem o que algumas mulheres sentem. A música acima é um ótimo exemplo. E nem preciso dizer que seu jeito foda-se é completamente atraente.

Debbie Harry (Blondie)

No mundo machista do rock é difícil ser feminino, e para mim a Debbie faz o requisito. Sempre foi linda e feminina. Suas letras, ok, não falam muita coisa (nada além), mas sua atitude de foda-se o mundo usando vestidos no palco, sem querer ser masculina (o que nos anos 80 era quase que obrigatório) já faz ela entrar na lista. Influenciou um monte de gente na música.

Cê viu a Beyonce na lista? É porque deste que ela deixou o marido dela falar que ele era o Ike Turner e que ela tinha que comer o bolo senão ele enfiava a porrada nela, todas as suas músicas sobre mulheres independentes que não precisam de um homem caíram por terra. So sorry.

Lista: os 10 melhores filmes da Disney

10 Jan


Podem falar o que quiser, eu não ligo. Eu fui criada pelos filmes da Disney e mesmo sabendo que as lições deles não são tão legais, continuo enfrentando um monte de criança no cinema e me deliciando com o mais novo filme a ser lançado (meu caso mais recente com Frozen). Eles tem uma magia, são lindos e mesmo às vezes idiotizando as crianças, eles são inocentes (no geral, ok?) e tem aquelas músicas que todo mundo ama e sabe cantar. Enfim, sou fan girl, não nego, e por isso fiz esta lista dos 10 melhores filmes da Disney (na minha opinião).

A Bela e a Fera


História: Bela sai de sua cidade para procurar ajuda para seu pai. Ao se perder, é seqüestrada por um monstro, morador de um castelo e dono de uma maldição, que logo se apaixona por ela. No final eles se casam e vivem felizes para sempre.

Porque eu gosto? A lição demoníaca é clara: Você pode mudar a fera que existe no seu parceiro com amor. Umas mentiras, todas sabem. Mas isso não impede de eu achar a cena da valsa linda, a música linda, o vestido lindo e o Gaston um escrotão.

Rei Leão

História: Um filhote de leão tem que fugir da sua terra natal por acreditar que matou seu próprio pai. Enquanto isso, seu tio perverso domina o reino que tanto quis. No final acaba tudo bem.

Porque eu gosto? Vamos começar pelo começo. É uma das melhores cenas de abertura de todos os tempos em todos os filmes. Aquela música, aqueles bichos e o macaco levantando o leãozinho…. Toda vez que vejo sinto arrepiada! Além de ter o melhor vilão (Scar é mal… mata o irmão, mente dizendo que foi seu filho, domina todo mundo, é amigo das hienas…) e as melhores músicas (culpa do sir Elton). Não é a toa que virou musical da Broadway!

Pequena Sereia

História: Após ver um homem se afogando, a filha do Triton quer virar humana para viver ao seu lado. Depois de se decepcionar com seu pai, a sereia busca ajuda na bruxa dos mares para virar humana. No final eles se casam e vivem felizes para sempre.
Porque eu gosto? É meu desenho favorito da Disney. É a minha princesa favorita. Tem minhas músicas favoritas (reparem na letra parte do meu mundo). E tem a minha vilã favorita (Apesar de que adoro o Jafar.).

Toy story (1,2,3)

História: O amadurecimento de uma criança e a história de seus brinquedos, que ganham vida quando ninguém tá vendo.
Porque eu gosto? Porque eu queria que meus brinquedos fossem tão legais quanto Woody e companhia. Claro, falando e vivendo a vida!

Procurando o Nemo

História: Um peixe se perde do seu pai, que atravessa o oceano para encontra-lo.
Porque eu gosto? Primeiro que me dá uma calmaria ficar olhando aquele mar todo. O filme é bem feito e condiz com a realidade do oceano (uma estudiosa me contou). Além de ter um roteiro divertido e a personagem secundária (Dolly) ser tão legal que você nem repara que ela não é a principal.

Aladdin

História: Um ladrão se apaixona por uma princesa e com a sorte de achar uma lâmpada tenta conquista-la. Em contrapartida, o braço esquerdo do sultão tenta dominar o reino.
Por que eu gosto? Músicas divertidas, vilão apaixonante (adoro o Jafar, nem vem) e o Gênio. Lembro que quando eu era criança, sempre ria das mesmas piadas que o Gênio contava.

Alice no País das Maravilhas


História: Uma menina, ao seguir um coelho apressado e procurar seu gato, entra num mundo cheio de magia e fantasia.
Por que eu gosto? Por um bom tempo da minha vida este filme era o meu favorito. Um das poucas histórias que a Disney não modificou o roteiro (só algumas poucas coisas) e manteve do jeito que foi criado. Um pouco menos soturno e alguns personagens escondidos até porque não é apenas um livro (são muitos). Mesmo que o Tim Button ter feito uma releitura, ainda prefiro as cores e a loucura do desenho original de 1951.

Monstro S.A. e Universidade Monstro

História: é sobre um mundo de monstros.
Por que eu gosto? Sempre que vejo o filme eu fico curiosa em relação ao mundo fantástico cheio de detalhes que fizeram nos 2 filmes. Espero um terceiro para querer saber mais (apesar que na minha opinião não cabe).

Mulan

História: Uma menina se finge de homem para salvar seu pai de uma guerra.
Por que eu gosto? É divertido e a Mulan é diferente das outras princesas. É corajosa, sabe lutar e não fica esperando o príncipe encantado. Ok, isso é uma tendência comum nos desenhos de hoje em dia, mas na década de 90 isso era bem novo.

Detona Ralph


História: Um vilão quer ser herói.
Por que eu gosto? É superdivertido pensar na temática “videogame” como se fosse “Toy Story”. O filme lida com bulling, com mudança, com sonho, com amizade, com um monte de coisa. E não tem princesa, nem príncipe, nem conto de fadas… É franco e direto!

Foquei nos desenhos. E é meu gosto ^^

Lista: Faz 10 anos que esta música tocou em seus corações.

31 Dec

Pode não cair a sua ficha ainda, mas em 2014 é a copa do mundo, que pareceu um sonho distante há 5 anos atrás. E que em 2014 muitos de nós completam 30, outros 25 e outros quase 30. E que temos amigos que tem filhos. E amigos casados. E que poucos dos que restam estão estão solteiros e vão ficar por pouco tempo. É uma corrida para conseguir um emprego para nos dar o futuro que tanto pensamos há 10 anos atrás. Já que o destino é cruel e viver no que gosta é para poucos. E no meio desta filosofia de botequim temos o fato que faz 10 anos que algumas músicas estavam em nossos corações. Algumas bandas acabaram, outras se dissolveram e tem gente que ta ai até hoje, o que é uma vitória. Em 10 anos, como tudo muda…. Como isso me assusta. Ai a lista de 20 músicas (brasileiras e estrangeiras) que fizeram nossas cabeças há muito tempo atrás:

Vou deixar- Skank

Banda ainda em atividade

Equalize- Pitty

Deu uma pausa. Último suspiro foi com a banda Agridoce…

Shut up- Black eyed peas

Demorou mais acabou. Se dissolveu. Will.I.am tá ai fazendo as mesmas músicas que fazia com o BEP só que sozinho, Fergie recentemente teve um filho e se aventura de vez enquanto em filmes e os outros 2 ninguém liga.

Sorte Grande- Ivete Sangalo

Tá ai fazendo músicas felizes.

The reason- Hoobastank

Faz esporádicos shows. Nunca mais fez sucesso.

Musa do verão- Felipe Dylon

Engordou, emagreceu, se casou com uma atriz secundária na Globo e desapareceu.

My immortal – Evanescence

A banda continua em atividade. Apenas a Amy Lee (a vocalista) é da formação original.

This love – Maroon5

A banda continua em atividade

Toxic – Britney Spears

Ainda em atividade

Prometida- Br´oz

Acabou. Cada um foi pro seu lado.

Vertigo- U2

Ainda em atividade

Helena- My Chemical Romance

Acabou em 2013.

Não uso sapato – Charlie Brown Jr

2 dos principais integrantes morreram em 2013.

Numb- Linkin Park

Ainda em atividade

Nemo- Nightwish

Ainda em atividade, apesaqr de 2 integrantes terem pulado fora

Don’t tell me- Avril Lavigne

Ainda em atividade

Yeah! – Usher Feat. Lil Jon & Ludacris

Ainda em atividade

Reza vela – O Rappa

Ainda em atividade

I’m Still In Love With You – Sean Paul Feat. Sasha

Eu acho que o Sean Paul ainda faz música. A Sasha não é importante, ou é?

Dogão é mau- Dogão

clássico one hit wonder…

Parece que foi ontem, mas foi há 10 anos atrás….

fonte: mofolândia e Som da rádio